Glórias do Passado: Temporada de 1973/74 - 1ª Parte

 

Temporada de 1973/74 - 1ª Parte


Foi muito pacifico o defeso do Vitoria SC na preparação da temporada de 1973/74. O treinador manteve-se o mesmo – Mário Wilson – e na composição do plantel verificaram-se pequenas mexidas. Em relação à época anterior deixaram o clube o guarda-redes José Maria e o brasileiro Nino.

A única contratação do Vitoria SC foi o guardião Sousa, proveniente do Varzim SC. As restantes novidades do plantel vimaranense para a nova temporada 1973/74 foram os jovens Torres (jovem defesa central regressado ao clube depois de estar no ultramar), Manuel Fernandes, Rui Baptista.

A este lote de jovens jogadores junta-se ainda o vimaranense Abreu, que seria a grande revelação, um médio de qualidade que, definitivamente, fixou-se na equipa titular, tendo vindo tornar-se, mais tarde, num histórico jogador do Vitoria SC.
.

(Jogo de preparação para a época de 1973/74, no Estádio Municipal de Guimarães, entre o Vitoria SC e o GD Riopele. Romeu conduz o ataque da equipa vimaranense)

O Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1973/74 principiou muito bem para o Vitoria SC com um fantástico triunfo em casa do Leixões SC por 0-2. Foi um arranque auspicioso da equipa vimaranense, que não contava com as presenças do capitão Manuel Pinto, afastado por lesão nas primeiras jornadas, e também Jorge Gonçalves, o azarado luso-brasileiro do Vitoria SC, afastado mais uma vez por prolongada lesão.

No primeiro jogo em Guimarães, naquela temporada, o Vitoria SC cedeu um empate a 1-1 contra o CF Belenenses. Pior aconteceu na jornada seguinte, quando a equipa vitoriana foi surpreendentemente derrotada em Marvilha pelo Clube Oriental de Lisboa, recém promovido à 1ª Divisão Nacional, por 1-0.

Regressando ao Estádio Municipal de Guimarães, o Vitoria SC cedeu um novo empate no Campeonato Nacional da 1ª Divisão, desta feita contra o SC Farense, também por 1-1. O mesmo resultado verificou-se na ronda seguinte, a 5ª jornada, quando o Vitoria SC empatou a 1-1 com o GD Cuf, no Barreiro.

A primeira vitória da formação da cidade berço em Guimarães ocorreu apenas no jogo da 6ª jornada do nacional maior, aquando da recepção da equipa do CD Montijo. Com alguma dificuldade o Vitoria SC venceu a equipa montijense pela margem mínima de 1-0.

Na 7ª jornada, o FC Porto quebrou uma tradição. A equipa portista já não vencia, no seu reduto, o Vitoria SC há três épocas consecutivas. Nesta temporada de 1973/74 venceu categoricamente a equipa vimaranense por 3-0.

(Cubillas e Abreu numa partida entre o FC Porto e o Vitoria SC)

O Vitoria SC recebeu e venceu por 3-0 o SC Beira Mar na 8ª ronda do Campeonato Nacional da 1ª Divisão. A equipa vimaranense foi tremendamente superior ao adversário, dominando toda a partida e dispondo de variadíssimas oportunidades de golo, bem suficientes para atingir outros números o resultado final verificado.
.

(Festejos de um golo do Vitoria SC, na partida frente ao SC Beira Mar)

Sob a batuta experiente do Custodio Pinto, que realizou um excelente exibição ao nível do melhor do seu passado futebolístico, e da irreverência e mestria do jovem Abreu, o Vitoria SC encurralou a equipa aveirense no seu meio campo e proporcionou um bom espectáculo de futebol ofensivo.


Autor: Alberto de Castro Abreu

A Mesa Redonda renovou-se!
Depois da saída dos antigos bloggers do FCP, as contratações para os seus lugares tiveram finalmente um desfecho feliz para ambas as partes!
Aos já existentes bloggers do Benfica e do Sporting, o Porto conta agora com 3 novos bloggers, que irão ainda mais, contribuir para a troca de opiniões e ideias num espaço salutar de discussão!

Faça a sua visita e deixo o seu comentário em:

http://amesaredonda.blogspot.com/
 
Quem é este Rui Baptista? Não conheço nem sequer o nome.
 
Amigo Sloct:

Pois sobre o Rui Batista é escassa a informação. Somente consigo dizer que o seu nome completo é Rui da Costa Batista, que fez parte dos quadros da equipa senior do Vitoria SC na época de 1973/74, tendo realizado 7 jogos no Campeonato Nacional da 1ª Divisão e anotado um golo na sua conta pessoal no decurso desta competição.
 
Amigo Alberto,
Realmente este nome não me diz nada. No entanto se subiu a sénior nesta época, teria 18 anos, o que significa que terá nascido em 1956.
Por altura do começo dos anos 80, quando apareceram as colecções de cromos que tinham as equipas da 2ª divisão, havia no Bragança, e mais tarde no Lixa um Rui. Poderia muito bem, dada a idade, ser este, mas não faço ideia.
 
Enviar um comentário



<< Home
Site Meter