Glórias do Passado: Clube de Futebol União da Madeira

 

Clube de Futebol União da Madeira



Popularmente conhecido por “União da Bola”, o Clube Futebol União, ou simplesmente União da Madeira, é uma das principais colectividades desportivas da Ilha da Madeira. Sedeado no Funchal, este tradicional clube madeirense foi fundado no dia 1 de Novembro de 1913, embora inicialmente sob a designação de União Futebol Clube.

O surgimento deste clube dá-se com a cisão do Grupo União Marítimo, originada, segundo reza a historia, devido a uma insanável desavença sobre a propriedade de uma baliza.

A longo dos anos o União da Madeira conseguiu alcançar a sua independência, prestigio e a notoriedade necessária não só no panorama desportivo regional, onde tornou-se, seguramente, num dos três principais clubes, como ao nível nacional.
.
(Equipa do União da Madeira em 1913)
.
Historicamente o clube sempre encontrou a sua base de apoio nos habitantes das zonas mais altas da ilha da Madeira, como por exemplo, no Machico, Camacha ou no Caniço, embora, actualmente, pela afirmação de outras pequenas colectividades locais, tem-se esfumado, com o passar dos anos, essa sustentação.

O Clube Futebol União foi um dos clubes fundadores da Associação de Futebol do Funchal, assumindo o encargo de organizar as competições oficiais de futebol entre os clubes madeirenses.

Depois de algumas polémicas iniciais fruto da rivalidade existente entre os clubes competidores e alguns anos de paralisação, a Associação de Futebol do Funchal passou a organizar com regularidade o Campeonato Distrital da Madeira.

O União da Madeira conquistou o primeiro Campeonato Regional da Madeira na temporada de 1920/21, naquela que foi a terceira edição da competição oficialmente organizada pela Associação de Futebol do Funchal.
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1925/26)
.
Voltou a repetir tal êxito na época de 1927/28 e com essa conquista o União da Madeira garantiu o direito a participar no Campeonato de Portugal. Foi a única presença do clube naquela competição e a primeira vez que participava numa prova de cariz nacional.

Nesse Campeonato de Portugal de 1927/28 o clube madeirense conseguiu chegar aos quartos de final da prova, sendo eliminado pelo SL Benfica, embora a passagem da eliminatória esteve quase a pender para o União da Madeira.

O União da Madeira esteve mesmo a vencer o SL Benfica por 3-1, no entanto, já no período dos descontos do jogo os benfiquistas conseguiram dar a volta ao marcador, vencendo, finalmente, o encontro por 3-4.

Na década de 30 o União da Madeira venceu três títulos de campeão regional, precisamente, nas temporadas de 1931/32, 1933/34 e 1937/38. Seguiu-se a década de 40 onde o União da Madeira venceu apenas uma Taça da Madeira na época de 1945/46.

A partir de meados da década de 50 até, sensivelmente, meados da década de 60 são o período áureo desta colectividade madeirense ao nível regional. Dominou completamente as competições oficias organizadas pela associação funchalense.
.
(Equipa do União da Madeira em 1950)
.
(Equipa do União da Madeira no ano de 1950)
.
(Na temporada de 1950/51 uma equipa de juniores do União da Madeira)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1954/55)
.
Começou por vencer o Campeonato Regional da Madeira da temporada de 1956/57, para duas épocas depois iniciar um período em que venceu sete campeonatos regionais madeirenses consecutivamente, entre a temporada de 1958/59 e 1964/65.

Nesse mesmo período destaca-se também as vitorias na Taça da Madeira de 1956/57 e 1957/58 e depois, também, de forma consecutivas, as conquistas entre as temporadas de 1960/61 ate 1964/65.
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1958/59)
.(Equipa do União da Madeira na época de 1959/60)
.
Neste período dourado do União da Madeira destaca-se o trabalho desenvolvido por um célebre treinador de nacionalidade espanhola, conhecido por Medina, que formou muitos e óptimos jogadores madeirenses para o clube.

Realce para a eliminatória disputada com o Vitoria SC na época de 1962/63 para a Taça de Portugal, a primeira vez que a equipa vimaranense e a madeirense defrontaram-se oficialmente. O CF União da Madeira foi o adversário dos vimaranenses nos quartos de final daquela competição.

Uma derrota do Vitoria SC por 2-1 foi compensada por uma sensacional goleada de 5-0 qualificando-se, dessa forma, a equipa de Guimarães para as meias finais da Taça de Portugal.
.
(Equipa do União da Madeira na decada de 60)
.
(Novamente na decada de 60 a formação do União da Madeira)
.
(Equipa do União da Madeira na decada de 60)
.
Depois desta fase o clube só voltou aos grandes êxitos já em plena década de 70, quando na temporada de 1973/74 voltou a conquistar o Campeonato Regional da Madeira. Feito repetido nas épocas de 1977/78 e 1979/80.

Estas duas ultimas vitórias na prova regional tem agora um outro significado, pois nessa altura o União da Madeira conseguia, finalmente, chegar aos campeonatos nacionais de futebol.
.
(Equipa do União da Madeira em 1974)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1975/76)
.
Assim, a temporada de 1978/79 marca o início do percurso do União da Madeira nas competições nacionais, disputando a Serie E da 3ª Divisão Nacional. Mas seria depois da conquista do regional de 1979/80 e consequente acesso à 3ª Divisão Nacional que o clube iniciou o caminho que o levaria à 1ª Divisão Nacional, pela primeira vez na sua historia, já nos finais da década de 80.
.
(Plantel do União da Madeira em 1977/78)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1978/79)
.
Com o 2º lugar na Serie E da 3ª Divisão Nacional na época de 1980/81 o União da Madeira ascendeu pela primeira vez à 2ª Divisão Nacional, prova que começou a disputar, assim, na temporada de 1981/82, integrado na Zona Sul. Registe-se, relativamente às temporadas de 1982/83 e 1983/84 a vitoria na Taça da Madeira.
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1980/81)
.
(Novamente em 1980/81 a equipa do União da Madeira)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1980/81)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1981/82)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1982/83)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1983/84)
.
Nas épocas de 1984/85 e 1985/86 o União da Madeira conseguiu atingir o 2º lugar na Zona Sul da 2ª Divisão Nacional. Por isso, teve a oportunidade de disputar os denominados jogos da liguilha de acesso à 1ª Divisão Nacional, sem contudo conseguir atingir esse patamar.

Em 1986/87, 1987/88 e 1988/89 voltou a conquistar a Taça da Madeira. Competição, alias, que voltaria a vencer mais umas quantas vezes, em 1992/93, 1994/95, 2002/03 e 2004/05.

Relativamente a competições regionais assinale-se ainda os oito vitoria na Taça Cidade do Funchal, três troféus da Taça de Honra e outras tantas vitorias no Torneio Autonomia.
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1984/85)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1984/85)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1985/86)
.
Seria a época de 1988/89, quiçá, o momento mais alto da história do União da Madeira. O clube presidido por Jaime Ramos, personalidade importantíssima na história da colectividade, e treinado pelo técnico Rui Mâncio, conseguiu vencer a Zona Sul da 2ª Divisão Nacional e assim ascender à 1ª Divisão Nacional depois de uma intensa luta com o Louletano do Algarve.

Já disputando a fase final da competição, com o FC Tirsense e o CD Feirense, o União da Madeira alcançou o Campeonato Nacional da 2ª Divisão da temporada de 1988/89, o primeiro grande título nacional da colectividade.
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1988/89)
.
(Equipa do União da Madeira novamente na temporada de 1988/89)
.
(Formação do União da Madeira na época de 1988/89)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1988/89)
.
A época de 1989/90 marca assim a estreia do popular clube madeirense entre os maiores clubes do futebol português. Foi, naturalmente, uma temporada difícil para o estreante clube que apenas conseguiria a manutenção no primeiro escalão do futebol português fruto do alargamento no número de participantes.

Nesta temporada o União da Madeira defrontou pela primeira na história o Vitoria SC no Campeonato Nacional da 1ª Divisão. A equipa madeirense era um adversário agradável para a equipa vitoriana, pois, ao longo dos anos em que o União da Madeira jogou na 1ª Divisão Nacional, apenas por uma vez conseguiu derrotar o Vitoria SC.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1989/90)
.
Mas o primeiro jogo entre as duas equipas naquele escalão decorreu, recorde-se, no Estádio Municipal de Guimarães, em Novembro de 1988. Os vitorianos treinados por Paulo Autuori actuou com a seguinte formação: Neno; Nando, Bene, William, Germano e Roldão; Rene, Ndinga e João Baptista; Caio Júnior e Chiquinho. Na equipa do Vitoria SC jogaram ainda Carvalho e Soeiro.

Por seu turno, a equipa madeirense apresentou-se com o seguinte onze inicial: Pimenta; Duarte, Ramos, J. Costa e Casimiro; Mota, Jairo e Markovic; Renato, Monteiro e Nino. Na equipa do União da Madeira jogou ainda Rogério.
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1989/90)
.
Este jogo da 4ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão da temporada de 1988/89 foi bastante tranquilo para a equipa da cidade berço que conseguiu superar o adversário numa exibição quanto baste.

Os primeiros golos do Vitoria SC foram alcançados ainda durante a primeira parte, apontados pelos defesas centrais Germano e Bene, ambos na sequência da transformação de pontapés de canto.
.
(Plantel do União da Madeira em 1989/90)
.
Já no início da segunda parte coube ao brasileiro Caio Júnior aumentar a vantagem e estabelecer o resultado final favorável ao Vitoria SC por 3-0, perante a equipa do União da Madeira que ainda teve uma reacção bastante meritória, obrigando o guardião vitoriano Neno a algumas intervenções decisivas.
.
(Equipa do União da Madeira no Estádio Municipal de Guimarães no primeiro desafio frente ao Vitoria SC no Campeonato Nacional da 1ª Divisão)
.
Em 1990/91 consegue realizar um campeonato bem tranquilo atingindo nessa época a melhor classificação de sempre na 1ª Divisão Nacional com um 12º lugar e assim a manutenção na primeira categoria do futebol português.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1990/91)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1990/91)
.
(Plantel do União da Madeira na temporada de 1990/91)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1990/91)
.
Já na temporada seguinte de 1991/92 o União da Madeira acabou relegado à 2ª Divisão de Honra. O União da Madeira foi o último classificado na 1ª Divisão Nacional. A verdade é que a turma madeirense foi considerado desde muito cedo um dos mais sérios candidatos à descida de divisão.

Foi uma descida que não surpreendeu ninguém, é certo, embora a prestação do clube tenha sido louvável em toda a competição pois lutou sempre pelo objectivo da manutenção.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1991/92)
.
Voltou assim a disputar o segundo escalão do futebol português, agora a 2ª Divisão de Honra, na época de 1992/93 para novamente obter um bom sucesso, garantindo, assim, o regresso à 1ª Divisão Nacional, ao classificar-se em 2º lugar da tabela geral atrás do CF Estrela da Amadora.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1992/93)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1992/93)
.
(Com equipamento alternativo em 1992/93)
.
Sob o comando do brasileiro Ernesto Paulo, o CF União da Madeira da época de 1993/94 chegou mesmo a ser a sensação do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, tendo terminado a prova na 12ª posição da geral, garantindo tranquilamente a manutenção.

Recheado, porem, de atletas estrangeiros oriundos do Brasil ou da antiga Jugoslávia, poucos eram os portugueses que jogavam na equipa madeirense. Por causa disso o União da Madeira era, na verdade, um clube mal amado pela maioria da crítica desportiva, que sucessivamente censuravam as opções do clube pela contratação de jogadores estrangeiros em detrimento dos atletas portugueses.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1993/94)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 1993/94)
.
Foi nesta época de 1993/94 que o União da Madeira venceu pela primeira e única vez o Vitoria SC em jogos a contar para o Campeonato Nacional da 1ª Divisão. Nesse jogo disputado no Estádio dos Barreiros, a contar para a 26ª jornada, a equipa madeirense venceu por 2-0 com dois golos de Manu e Jokanovic.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1993/94)
.
(Com equipamento alternativo na época de 1993/94)
.
(Equipa do União da Madeira na época de 1993/94)
.
Seguiu-se a temporada de 1994/95 com o União da Madeira a terminar a competição no 16º lugar da classificação e assim voltou a ser relegado à 2ª Divisão de Honra. A época de 1994/95 ainda começou por ser comandada pelo brasileiro Ernesto Paulo que acabou depois por ser substituído pelo também brasileiro Arthur Bernardes.

A equipa do União da Madeira voltava a conter extenso lote de jogadores estrangeiros. Eram cerca de 17 jogadores oriundos do estrangeiros a integrar o plantel profissional do União da Madeira.

A formação madeirense realizou uma péssima 1ª volta da competição e com isso hipotecou as suas aspirações. Depois a lesão de Jokanovic, o principal jogador da equipa e alguma falta de sorte em jogos importantes, selaram a descida ao segundo escalão.

Foi assim a ultima presença do União da Madeira entre os grandes do futebol português. Nos anos seguintes o clube tentou várias vezes, sem sucesso, o regresso ao escalão maior do nosso futebol, porem, investimentos avultados sem resultados desportivos acabou por levar o clube a passar grandes dificuldades.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1994/95)
.
Entre 1995/96 ate 1998/99 jogou na 2ª Divisão de Honra. Nas duas primeiras épocas assume-se como sério candidato à subida à 1ª Divisão Nacional, porem, os regressos de Rui Mâncio e Ernesto Paulo, na época seguinte, não tiveram grande sucesso e o clube viu-se prematuramente arredado da luta pelo acesso ao primeiro escalão.

No final da temporada de 1998/99 o União da Madeira desceu à 2ª Divisão “B”. Entretanto, foi criado a Sociedade Anónima Desportiva do União da Madeira, que passou a gerir o futebol profissional.
.
(União da Madeira na época de 1995/96)
.
(Equipa do União da Madeira em 1995/96)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1995/96)
.
(Plantel do União da Madeira na temporada de 1996/97)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1996/97)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 1997/98)
.
(Plantel do União da Madeira na temporada de 1998/99)
.
Regressou à Liga de Honra no final da época de 2001/02. Com o técnico Manuel Balela o União da Madeira vence a Zona Sul da 2ª Divisão “B” e assim regressa novamente às competições profissionais.

Nesta temporada de 2001/02 é-lhe atribuído o título de campeão nacional, assim como ao FC Marco e ao SC Covilhã, juntamente com o União da Madeira, os vencedores das três zonas da 2ª Divisão “B”.
.
(Equipa do União da Madeira na época de 2001/02)
.
No regresso à Liga de Honra consegue, com muita dificuldade a manutenção na época de 2002/03, e na temporada seguinte não consegue o mesmo e, terminando no ultimo lugar da classificação, voltou a ser relegado à 2ª Divisão “B”, escalão onde milita actualmente.
.
(Plantel do União da Madeira na época de 2002/03)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 2002/03)
.
Nas temporadas seguintes tem sido forte a aposta no regresso aos campeonatos profissionais de futebol portugueses. Lamentavelmente, não tem conseguido concretizar o seu objectivo, ficando muitas vezes perto de o conseguir, é certo.

Em 2006/07 este a um pequeno passo de conseguir tal desiderato. Depois de vencer, com larga vantagem, a Serie B da 2ª Divisão Nacional “B”, o União da Madeira foi disputar o acesso à Liga de Honra com o SC Freamunde.

Depois de um empate a 1-1 no jogo da 1ª mão jogado na Madeira, o SC Freamunde ganhou o jogo decisivo, jogando em sua casa, alcançando uma vitória por 1-0, com um golo obtido já no prolongamento.
.
(Equipa do União da Madeira na época de 2003/04)
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 2006/07)
.
(Plantel do União da Madeira na época de 2007/08)
.
Como dissemos, actualmente, o Clube de Futebol União milita a 2ª Divisão Nacional “B”, lutando presentemente pela subida de divisão. Refira-se, ainda, que alem do futebol, no União da Madeira destacam-se modalidades como o basquetebol e o rugby.
.
(Equipa do União da Madeira na temporada de 2008/09)


Autor: Alberto de Castro Abreu

Fantastico post, parabens.
Como adepto do União fiquei maravilhado com o post.
Custumo escrever no forum de adeptos do União no seguinte endereço se quiser dar uma vista de olhos
http://cfuniaomadeira.queroumforum.com/index.php
 
Grande post!
Obrigado pelas memorias.
Saudacoes unionistas!
 
Off-Topic:

Novo espaço de informação Vimaranense, um pouco de história e cultura da nossa linda cidade.

Pode ser visto aqui:

http://ilovegmr.blogspot.com

Obrigado
 
Amigo Alberto
Muitos parabéns por esta excelente postagem deste clube madeirense.
Um abraço.
 
Como adepto do União da Madeira sinto imenso orgulho...
e obrigado ao autor do blog por me fazer reviver e recordar belos tempos.
Parabéns!
Quem sabe um dia se União e Vitória não se reencontram na I liga?
 
Cade a foto dos jogadores da temporada 2005/200^6?
 
Visite e participe o forum e site do união da madeira

http://cfuniaomadeira.queroumforum.com/index.php?

http://cfuniao.synthasite.com

Visita este site e forum e vais encontrar muitas fotos
 
E o NACIONAL DA MADEIRA?
 
como ex jogador do uniao da madeira fico feliz em poder rever amigos de longas datas , muito obrigado por este momento inenaravel !!!!! reneto ( fui o atacante q fez o gol da subida 1divisao.)
 
caro anonimo visite o site dos adeptos do União da madeira

http://cfuniaomadeira.queroumforum.com/index.php?
 
Vocês têm informação a respeito do guarda-redes do União da madeira chamado João de Abreu que jogou por esse time entre as décadas de 40 a 50?
 
Caro anonimo consulte o segundo forum e pergunte la se algum dos adeptos tem informaçao o guarda redes joão de abreu

Visite e participe o forum e site do união da madeira

http://cfuniaomadeira.queroumforum.com/index.php?

http://cfuniao.synthasite.com
 
O União da Bola como é popularmente cinhecido aqui na Madeira, durante décadas o verdadeiro rival do Maritimo, com grandes equipas nas décadas de 50 e 60 em que detinha a hegemonia do futebol da região. Ainda é o 2º clube com melhor historial na Madeira apesar de ter caido a pique nos últimos anos. Oxalá o nosso União possa voltar aos velhos tempos. Viva o União
 
gostaria de ver tambem o plantel de juniores 2009/2010
 
Visitem o novo forum do União da madeira

http://uniaodamadeira.forumeiro.net/forum.htm
 
Gostava de saber se existia algum jogador chamado Pedro Oliveira na época de 1998/99
 
O Pedro oliveira jogou no União no ano 2000/01
http://foradejogo.net/player.php?player=197009270001
 
gostaria uma informaçao sobre um veterano do uniao ,em que epoca ele jogou no uniao seu nome era jose de freitas mais conhecido pelo vadio
 
alguem se lembra do inguilha que jogou no uniao na decada de 70?por onde anda?
 
Enviar um comentário



<< Home
Site Meter