Glórias do Passado: Walter

 

Walter


Com uma passagem pelo Vitoria SC durante as temporadas de 1994/95 e 1995/96, Walter era foi defesa lateral direito que fez a sua carreira de futebolista em outros clubes como o Caldas SC, Académica de Coimbra, Leça FC, Gil Vicente FC, GD Nazarenos e o FC Marinhense.

Natural da cidade da Nazaré, onde nasceu no dia 20 de Novembro de 1967, foi no clube da sua terra, o GD Nazarenos, que Walter Novo Estrela começou, oficialmente, a jogar futebol.

Já como sénior, aos 20 anos de idade, jogava na equipa do Caldas SC na 2ª Divisão Nacional na época de 1987/88. E foi ao serviço do clube caldense que começou a destacar-se acabando por ingressar na formação da Académica de Coimbra ao cabo de três temporadas bem sucedidas na equipa das Caldas da Rainha.
.
(Equipa do Caldas SC na época de 1988/89)
.
Ingressou assim na Académica de Coimbra no início da época de 1990/91, precisamente, na temporada da estreia da 2ª Divisão de Honra que passava então a ser o segundo escalão do futebol português.

Envergou a camisola da nobre briosa durante quatro temporadas consecutivas, sempre na 2ª Divisão de Honra, pois só quando se transferiu para o Vitoria SC é que teve oportunidade de actuar na 1ª Divisão Nacional.

Nas primeiras duas épocas em Coimbra Walter não passou da condição de suplente. Apenas à terceira temporada, numa aposta do técnico conimbricense José Rachão, é que Walter conseguiu a titularidade e começar a destacar-se.
.
(Plantel da Académica de Coimbra na época de 1991/92)
.
(Plantel da Académica de Coimbra na temporada de 1992/93)
.
(Equipa da Académica de Coimbra na época de 1992/93)
.
Colectivamente, a equipa da Académica de Coimbra tentava, sem sucesso, a subida à 1ª Divisão Nacional. Em 1993/94 a equipa da briosa perdia, pela quarta vez consecutiva, ingloriamente, a subida ao primeiro escalão do futebol português.

Nesta época de 1993/94, onde Walter se destacou, a Académica de Coimbra chegou mesmo a ser comandante da classificação. Todavia, no momento crucial da competição a formação conimbricense, treinada então por Vítor Manuel, perdeu jogos decisivos com equipas que jogavam para não descer e ficou pelo caminho no acesso à 1ª Divisão Nacional.
.
(Equipa da Académica de Coimbra na temporada de 1993/94)
.
(Walter com a camisola da Briosa em 1993/94)
.
Surge então a Walter a oportunidade de ingressar no Vitoria SC. Com 26 anos de idade o nazareno Walter vai integrar o plantel vitoriano no inicio da época de 1994/95, às ordens de Quinito, concorrendo com o internacional português José Carlos para o posto de defesa lateral direito.

Ao longo da temporada de 1994/95 a equipa do Vitoria SC passeou classe e impôs um estilo espectacular nos seus jogos de futebol. As grandes exibições protagonizadas pelo Vitoria SC empolgavam a massa associativa e recebiam o reconhecimento de todos os quadrantes da opinião desportiva.

Em consequência, a formação vitoriana acabou por conquistar o 4º lugar na classificação final do Campeonato Nacional da 1ª Divisão e assim apurar-se para as competições internacionais de clubes.
.
(Plantel do Vitoria SC na época de 1994/95)
.
(Walter num treino no Vitoria SC)
.
Walter jogou apenas dois jogos ao serviço do Vitoria SC no Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1994/95. Naturalmente, com inegável sucesso, José Carlos assumiu a titularidade na equipa principal do Vitoria SC relegando Walter para a condição de suplente.

A estreia oficial de Walter com a camisola do Vitoria SC ocorreu à 4ª jornada da principal competição nacional. Naquela altura, o técnico Quinito, debatia-se com um problema na equipa. Concretamente, Quinito procutava um lateral esquerdo para a equipa principal tendo então testado vários elementos.

Primeiro apostou em Basílio, depois em Walter, concretamente neste jogo da 4ª ronda frente ao SC Braga e mais tarde em Quim Berto, aquele que viria a agarrar a titularidade, com nota de destaque, na equipa do Vitoria SC.

Assim, embora fosse lateral direito de raiz, Walter fez a estreia oficial ao serviço do Vitoria SC jogando na posição de defesa lateral esquerdo. O jogo ocorreu no dia 18 de Setembro de 1994 no Estádio 1º de Maio, em Braga, arbitrado por Carlos Calheiros de Viana do Castelo com a presença de cerca de 20.000 espectadores.

Com muitos erros defensivos, o Vitoria SC acabou por ser derrotado pelo SC Braga por 3-1 neste jogo de estreia de Walter. O defesa central Sérgio abriu o marcador aos 44 minutos, para um minuto depois o centrocampista vitoriano Pedro Martins igualar a 1-1.

Já na 2ª parte, quase imediatamente, a equipa bracarense fez o segundo e terceiro golo, através de Karoglan e Toni, respectivamente, estabelecendo então o resultado final de 3-1.
.
(Equipa do Vitoria SC na temporada de 1994/95)
.
Curiosamente, o segundo jogo realizado por Walter ao serviço do Vitoria SC na época de 1994/95 foi também frente ao SC Braga, desta feita, no jogo da 2ª volta do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.

Agora, venceu a equipa de Guimarães por 4-2 num dos melhores jogos da temporada, marcando pelo Vitoria SC o defesa Tanta, Gilmar, Zahovic e Emerson, enquanto para a turma bracarense marcaram Barroso e Luisinho. Desta feita, neste jogo, Walter jogou como defesa lateral direito - a sua posição preferida em campo - substituindo o castigado José Carlos.
.
(Equipa do Vitoria SC na temporada de 1994/95)
.
A condição de suplente de Walter manteve-se na época seguinte de 1995/96. De facto, as exibições e regularidade de José Carlos não deixavam margem de manobra à concorrência.

Nesta temporada Walter jogou somente três jogos na principal competição portuguesa. Passou toda a época no banco de suplentes, jogando apenas as três últimas jornadas do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, altura em que José Carlos se encontrava lesionado.
. (Plantel do Vitoria SC na época de 1995/96)
.
(No desafio entre o FC Porto e o Vitoria SC no Estádio das Antas, o defesa lateral direito do vimaranense Walter tenta impedir a progressão de Folha, extremo esquerdo portista)
.
Foi titular no jogo da 32ª jornada, frente ao FC Porto, disputado no Estádio da Antas, onde o Vitoria SC venceu por 2-3, na ronda seguinte, em Guimarães, contra o Boavista FC (1-3) e na ultima jornada, novamente, frente ao SC Braga, onde os vimaranenses foram derrotados por 4-0.

Na época de 1995/96, o Vitoria SC foi treinador, inicialmente, por Vítor Oliveira. Todavia, este técnico não seria muito feliz em Guimarães e, face aos maus resultados, acabou por ser substituído pelo jovem treinador Jaime Pacheco.

Fruto de uma sensacional segunda volta na competição, o Vitoria SC terminou o Campeonato Nacional da 1ª Divisão na 5ª posição, garantindo, novamente, o acesso às provas internacionais de clubes.
.
(Equipa do Vitoria SC na temporada de 1995/96)
.
Sem margem de progressão no Vitoria SC, tapado pelo internacional português José Carlos, Walter deixou Guimarães e foi reforçar a equipa do Leça FC na temporada de 1996/97.

Foi uma época conturbada em termos directivos e financeiros para o Leça FC, mas com sucesso desportivo ao repetir o 14º lugar no Campeonato Nacional da 1ª Divisão. O Leça FC garantiu a permanência no escalão maior do futebol português.

Sob o comando do técnico Rodolfo Reis, o defesa lateral Walter nunca conseguiu afirmar-se na equipa leceira. Jogou somente quatro jogos da principal competição portuguesa, permanecendo na condição de suplente.
.
(Plantel do Leça FC na época de 1996/97)
.
(Walter no Leça FC na temporada de 1996/97)
.

(Plantel do Leça FC na época de 1996/97)
.
(Walter no Leça FC na época de 1996/97)
.
No final desta época, Walter concluiu a sua passagem pela 1ª Divisão Nacional. Na temporada seguinte de 1997/98 ingressou no Gil Vicente FC a militar na 2ª Divisão de Honra.

Sob o comando técnico do português Henrique Nunes, Walter foi titular na equipa gilista que atacou a subida ao primeiro escalão do futebol português, jogando na posição de defesa lateral direito.

Contudo, o Gil Vicente FC ficou às portas da subida. Liderou a competição, passou pelo 2º lugar, perdendo, depois, a regularidade exibicional acabando por cair na classificação. Na ponta final ainda recuperou, abeirou-se dos lugares da subida, mas não conseguiu concretizar o objectivo.
. (Plantel do Gil Vicente FC na época de 1997/98)
.

(Walter no Gil Vicente FC na época de 1997/98)
. (Equipa do Gil Vicente FC na temporada de 1997/98)

Em plano descendente na carreira, Walter regressou ao Caldas SC na época de 1998/99, jogando na 2ª Divisão “B”. Ai permanceu duas épocas para na temporada de 2000/01 ingressar no FC Marinhense, no mesmo escalão.

Jogou as épocas de 2000/01 e 2001/02 na equipa da Marinha Grande, enquanto na temporada de 2002/03 regressou ao clube da sua terra natal, o GD Nazarenos, a militar na 3ª Divisão Nacional.

(Walter)

Sem sucesso no seu regresso ao GD Nazarenos - já que o clube da Nazaré acabou relegado aos distritais da A. F. de Leiria – Walter voltou à Marinha Grande para encerrar a sua carreira de futebolista, aos 36 anos de idade, ao serviço do FC Marinhense, na temporada de 2003/04.

Comerciante de pronto-a-vestir na cidade da Nazaré, Walter não deixou o futebol depois de abandonar a carreira de futebolista. Tem desempenhado funções de treinador, em 2006/07 e 2007/08 como técnico da equipa de juniores do GD Nazarenos, acumulando o cargo de Coordenador da formação do clube da Nazaré.

(Walter Novo Estrela)

Actualmente, com 41 anos de idade, Walter Estrela é o treinador do CD Pataiense, clube da localidade de Pataias, em Alcobaça, disputando a Divisão de Honra da A. F. de Leiria.


Autor: Alberto de Castro Abreu

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!
 
ola meu nome é bruno francisco e joguei na academica...pois sou sobrinho do falecido Jose Paulo Francisco jogador da academica que faleceu em 13-10-1991. se tivesse fotos do meu tio agradecia...abraco e viva a briosa. brunojorgefr@hotmail.com
 
Grande Waltem!!!!!!!
 
Mas que grande lateral!!!!Ainda me recordo dos seus tempos n Briosa: lateral raçudo, subia bem pelo flanco.
 
Enviar um comentário



<< Home
Site Meter