Glórias do Passado: Estádio Leça Futebol Clube

 

Estádio Leça Futebol Clube



Continuando a recordar os campos de futebol onde o Vitoria SC actuou ao longo da sua história, chegou o momento de recordar o Estádio do Leça Futebol Clube, o recinto onde joga o clube que dá o nome ao estádio situado em Leça da Palmeira.

Esta quase centenária colectividade do concelho de Matosinhos, fundada no ano de 1912, começou a jogar as suas partidas de futebol, uma das principais modalidades no clube, num campo conhecido como Campo Hintze Ribeiro.

Depois de alguns anos de suspensão da actividade desportiva, o Leça FC regressa no ano de 1922, inaugurando em 16 de Setembro de 1923 o seu novo campo de jogos, denominado como Campo Miguel Bombarda, situado num local bastante extenso e já dotado de bastante qualidade.

Já a partir da década de 50 o Leça FC possui um verdadeiro complexo desportivo. Um campo de futebol, em terra batida, com uma lotação calculada para os 15.000 espectadores, dotado de uma bancada central coberta com capacidade para 700 lugares sentados.

Como anexo ao campo do futebol, surge, numa construção ao ar livre, um campo de basquetebol, uma modalidade muito em voga no clube, juntamente com o andebol e, claro está, com o futebol.
.
(Campo do Leça FC na decada de 60)
.
O Leça FC passou a jogar em piso com relva natural no ano de 1991, altura em que se encontrava na antecâmara dos melhores anos da vida da colectividade, com a chegada à 1ª Divisão Nacional na época de 1995/96, que seria, na verdade, um regresso, já que o clube tinha militado o primeiro escalão nacional na temporada de 1941/42.

É a essa época do início da década de 40 que remonta o primeiro jogo entre o Leça FC e o Vitoria SC jogado em Leça da Palmeira. O jogo dizia respeito à 7ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1941/42, disputado no dia 1 de Março de 1942.

Leça FC e o Vitoria SC eram estreantes na principal competição portuguesa. Nessa partida, a equipa leceira venceu o Vitoria SC por 3-1, iniciando ai, talvez, um verdadeiro “borrego” que nunca foi morto nos jogos do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.
.
(Estádio do Leça FC com a bancada central coberta e o pavilhão ao fundo)
.
(Bancada de topo e superior central)
.
(Aspecto do exterior do Estádio do Leça FC)
.
(Zona das bilheteiras do Estádio do Leça FC)
.
Pois, a verdade é que o Vitoria SC nunca venceu em Leça da Palmeira. O melhor resultado que conseguiu em jogos a contar para a primeira liga nacional foi um empate a 1-1 alcançado na época de 1996/97.

Nos restantes jogos realizados como visitado frente ao Leça FC a equipa da cidade berço perdeu sempre. Será, com certeza, um dos raros campos de futebol em Portugal, visitados pelo Vitoria SC, onde nunca venceu.
.
(Bancada superior central do Estádio do Leça FC)
. (Bancada central coberta do Estádio do Leça FC)
.
Com a subida à 1ª Divisão Nacional, o Estádio do Leça FC passou a sofrer consideráveis melhoramentos ao nível da imagem e do conforto dos utilizadores. Totalmente equipado com lugares individuais, o Estádio do Leça FC é composto por uma bancada central coberta de media dimensão, uma bancada de topo e uma bancada superior central bastante pequena.

Com lotação actualmente para 12.000 espectadores, este estádio tem a particularidade de não ter uma bancada por trás de uma das balizas, local onde se situa o pavilhão gimnodesportivo do clube.
.

(Topo do Estádio do Leça FC com bancada)


.

(Ao fundo o pavilhão gimnodesportivo)


Não vencendo qualquer jogo no Estádio do Leça FC para o Campeonato Nacional da 1ª Divisão, resta-nos recordar o jogo entre o Vitoria SC e a equipa leceira que terminou empatado a 1-1 na temporada de 1996/97.

Jogo da 30ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, jogado na tarde do dia 11 de Maio de 1997, sob um sol quente de primavera e com a correcta arbitragem de Bento Marques da A. F. de Évora.

(Bancada superior central)

(Vista parcial da bancada central e topo do Estádio do Leça FC)
.
A equipa do Leça FC, treinada por Rodolfo Reis, apresentou a seguinte formação: Vladan; Mesquita, Paulo Sérgio, Alfaia e Armando; Cao, Zé da Rocha e Tozé; Serifo, Constantino e Fran. Na equipa leceira jogaram ainda o Nano, que entrou ao intervalo a substituir Armando, Noga e Oliveira, que substituíram Fran e Tozé.

Por banda do Vitoria SC, a equipa do técnico Jaime Pacheco apresentou-se com o seguinte onze inicial: Nuno; Jose Carlos, Alexandre, Vítor Silva e Quim Berto; Marco Freitas, Vítor Paneira e Basílio Almeida; Capucho, Gilmar e David Paas. Na equipa vitoriana apenas uma substituição em toda a partida, o brasileiro Riva substituiu Basílio Almeida aos 78 minutos.

Ao intervalo o jogo estava empatado a 0-0. Aos 79 minutos, o veloz leceiro Constantino marcou o primeiro golo, adiantando a equipa do Leça FC no marcador. Seis minutos depois, apenas a 5 do final da partida, a equipa do Vitoria SC empatou por intermédio do lateral Quim Berto.

Autor: Alberto de Castro Abreu

é sempre bom recordar :)

força leça!
 
É sempre bom recordar. Esperemos voltar a ver este confronto num futuro próximo, novamente na 1ª divisão.

FORÇA LEÇA FORÇA
 
Oi, amigo torcedor
Venha blog livre de censura das companhias de mídia sobre futebol no Brasil para todos os milhares dos nossos usuarios fanaticos ver!
Brasileirão.com
está lançando o Vc Repórter, com ele Você pode publicar notícias, fotos, videos ou audios relacionadas a sua time ou torcida para o Portal Brasileirão e relacionadas categorias / times, torcidas.
Você é convidado a criar e publicar notícias na nossa característica única o Vc Repórter que foi introduzida para capacitar torcedores e torcidas como você relatar notícias locais para todo o povo a ver.
Sua notícia será publicada imediatamente com o seu nome.
Você tambem pode criar a pagina do seu time or torcida local.
Este é o melhor fórum social sobre futebol para você expressar suas opiniões.

Bem-vindo!
 
Meu Lecinha de SEMPRE!
 
Enviar um comentário



<< Home
Site Meter