Glórias do Passado: Laelson

 

Laelson


No final da década de 90 chegou a Portugal um rápido avançado brasileiro que causou grande sensação no futebol português e foi um dos jogadores mais importantes na afirmação, efémera é certo, do SC Campomaiorense, o ultimo clube alentejano na 1ª Divisão Nacional.

Recordamos o brasileiro Laelson, jogador que em Portugal, além da passagem pela SC Campomaiorense, representou também o Vitoria SC, durante duas temporadas, sem todavia alcançar o sucesso que atingiu com a camisola verde e branca da equipa alentejana.

José Laelson Lima Cabral, natural de Pão de Açúcar, no estado de Alagoas, no Brasil, nasceu no dia 29 de Outubro de 1975. Em terras de Vera Cruz e antes de transferir-se para Portugal, Laelson destacou-se, fundamentalmente, no Clube Atlético do Porto de Caruaru, no estado do Pernambuco, modesta colectividade que atingiu o auge da sua historia no ano de 1996 quando chegou às meias finais do Campeonato da Série C, o terceiro escalão do futebol nacional brasileiro.

Do Clube Atlético do Porto de Caruaru, Laelson transferiu-se para o SC Campomaiorense no início da temporada de 1997/98, numa altura em que a formação alentejana regressava à 1ª Liga Nacional depois de vencer a Liga de Honra na temporada anterior.

Laelson chegou ao futebol português como mais um ilustre desconhecido proveniente do futebol brasileiro, mas cedo revelou-se como uma das principais aquisições do SC Campomaiorense e uma das grandes surpresas do campeonato nacional.
.
Foi treinado inicialmente por Bernardino Pedroto que depois da 8ª jornada da 1ª Liga de 1997/98 cedeu o seu lugar de treinador João Alves. Apesar do início algo conturbado, o SC Campomaiorense apagou, nesta época de 1997/98, a pálida imagem que havia deixado aquando da primeira passagem pela 1ª Liga Nacional.
.

(SC Campomaiorense na época de 1997/98)

(Laelson no SC Campomaiorense na época de 1997/98)

A equipa do SC Campomaiorense tingiu na temporada de 1997/98 o 11º lugar na classificação final da 1ª Liga, garantindo a manutenção, o objectivo primordial, já nas últimas jornadas da competição.

Individualmente, diga-se que o extremo Laelson foi o jogador mais utilizado pela equipa do SC Campomaiorense na 1ª Liga Nacional de 1997/98, actuando em 31 jogos e anotando 4 golos na prova.
Fez a sua estreia oficial com a camisola do SC Campomaiorense e no futebol português no dia 24 de Agosto de 1997, no desafio entre o SL Benfica e a equipa alentejana, que acabou derrotada por 4-0 em pleno Estádio da Luz.

(Equipa do SC Campomaiorense na temporada de 1997/98)

(Laelson ao serviço do SC Campomaiorense)

Na segunda temporada, Laelson continuou a ser treinado, inicialmente, por João Alves, acabando o SC Campomaiorense por alcançar novamente o propósito da manutenção na 1ª Liga Nacional de 1998/99. A verdade é que a equipa do SC Campomaiorense entrou muito mal na competição nacional, o que levou à substituição do treinador João Alves pelo seu adjunto José Pereira, momento a partir do qual, recuperou paulatinamente na classificação geral.

A figura de proa da equipa alentejana na temporada de 1998/99 foi o avançado, também brasileiro, Demétrios, o melhor marcador da equipa, que em muito beneficiou do desempenho individual de Laelson, que continuava a ser considerado pela critica como o melhor jogador do SC Campomaiorense. Laelson, alinhou em 32 jogos e apontou 6 golos na sua conta pessoal, alem das inúmeras assistências realizadas para golo.

(Plantel do SC Campomaiorense na temporada de 1998/99)
.
(No SC Campomaiorense em 1998/99)
.
(Laelson)
.
Nesta época de 1998/99 destaca-se, ainda, a presença da equipa do SC Campomaiorense na final da Taça de Portugal. Depois de nas meias-finais ter eliminado a AD Esposende por 0-2, o SC Campomaiorense defrontou na final da competição, no Estádio Nacional no Jamor, o SC Beira Mar.

Na histórica final, a equipa de Aveiro venceu o SC Campomaiorense, com o extremo brasileiro Laelson a alinhar na equipa titular, por 1-0, com um golo da autoria do médio português Ricardo Sousa, arrecadando dessa forma o prestigiado troféu.
.
(Em acção pelo SC Campomaiorense na época de 1998/99)
.
(Laelson no SC Campomaiorense)
.
Apesar da cobiça que o seu nome despertava em clubes de maior dimensão, o certo é que Laelson permaneceu ao serviço do SC Campomaiorense durante mais duas temporadas, perfazendo um período de quatro épocas consecutivas ao serviço dos alentejanos.

Em 1999/00 o SC Campomaiorense, treinado por Carlos Manuel, foi novamente 13º classificado, garantindo uma vez mais, in extremis, a manutenção na 1ª Liga Nacional. Na sua ficha pessoal, regista-se que Laelson realizou 30 jogos na principal competição nacional e marcou 5 golos.
.
(Equipa do SC Campomaiorense na temporada de 1999/00)
.
(Laelson no SC Braga - SC Campomaiorense)
.
(Laelson no SC Campomaiorense em 1999/00)
.
(Laelson e o compatriota Aloisio no FC Porto - SC Campomaiorense)
.
Na época seguinte, novamente sob o comando de Carlos Manuel, a equipa do SC Campomaiorense, enfraquecida, não conseguiu evitar a descida de divisão. Foi o 16º classificado na prova, acabando por ser relegado à Liga de Honra, depois de uma acérrima luta com o Vitoria SC, curiosamente, o próximo clube na carreira de Laelson.

Nesta ultima temporada ao serviço do SC Campomaiorense, Laelson participou em 33 jogos da 1ª Liga Nacional, nos quais apontou os 6 golos que marcou nesta competição.

Laelson encontrava-se em final de contrato com o SC Campomaiorense e muito cedo manifestou a vontade aos responsáveis do clube alentejano em não renovar, procurando prosseguir a sua carreira em outras paragens.
.
(Laelson no SC Campomaiorense na temporada de 2000/01)
.
Na altura surgiram vários candidatos à aquisição do extremo brasileiro Laelson. Um deles foi exactamente o Vitoria SC que acabou por conseguir a sua contratação, sendo, na verdade, um dos primeiros reforços dos vimaranenses para a época de 2001/02.

Laelson era um futebolista veloz e com uma capacidade de desmarcação deveras útil para um estilo de jogo assente no contra ataque. Actuava nas linhas mais avançadas da equipa, especialmente junto à linha, quer pela banda direita, quer pela banda esquerda.

Com capacidade técnica suficiente, característica tão típica do jogador brasileiro, Laelson era também um bom finalizador, com um excelente sentido de oportunidade, produzindo sempre ao longo da sua carreira uma quantidade de golos assinalável.

Este extremo brasileiro caracterizava-se ainda pela sua fisionomia de baixíssima estatura, apenas 1,62 metros, e muito franzino, com só 61 kg de peso. Contudo, estas características físicas potenciavam bastante a sua velocidade e o seu particular estilo de jogo, sempre tão difícil de suster, principalmente para as defesas menos lestas.
.
(Plantel do Vitoria SC na época de 2001/02)
.
(Laelson no Vitoria SC na época de 2001/02)
.
A entrada de Laelson no Vitoria SC coincidiu, talvez, com o pior período na sua carreira do jogador de futebol. A bomba estoirou pouco depois de iniciar-se, oficialmente, a época de 2001/02.

Laelson, juntamente com outros jogadores, era apanhado nas malhas do “doping”. Ainda quando estava ao serviço do SC Campomaiorense, o extremo brasileiro acusou o uso de uma substância célebre, denominada nandrolona, detectada numa partida em que a equipa alentejana disputou contra o FC Alverca no dia 27 de Maio de 2001, numa partida a contar para a 34ª jornada da 1ª Liga Nacional.
.
Após o conhecimento deste controle positivo, Laelson foi suspenso pelas instâncias disciplinares da Liga Portuguesa de Futebol Profissional e impedido de representar o Vitoria SC. Cerca de dois meses e meio depois, o inquérito que lhe foi instaurado acabou por absolver o atleta, arquivando o processo, fundamentalmente, devido ao facto de não se ter conseguido apurar se a substância em causa havia sido produzida por via exógena ou endógena.
.
(Equipa do Vitoria SC na temporada de 2001/02)
.
(Laelson no Vitoria SC)
.
O jogador brasileiro estava assim apto a representar o Vitoria SC. Sucede que o afastamento das competições oficiais durante o período da suspensão fez com que o jogador perdesse o “comboio” do resto da equipa do Vitoria SC.

Sem nunca ter sido um titular indiscutível na equipa do Vitoria SC da época de 2001/02, treinada por Augusto Inácio, Laelson ainda participou em 16 encontros oficiais da 1ª Liga Nacional, sem contudo ter marcado qualquer golo na prova.

Quanto à carreira da equipa do Vitoria SC na 1ª Liga Nacional acabou por ser categorizada de mediana pois o clube da cidade berço não foi além de um 9º lugar na tabela classificativa final.
.
(Equipa do Vitoria SC na temporada de 2001/02)
.
(Laelson no Vitoria SC na época de 2001/02)
.
Era com enorme expectativa que Laelson aguardava o início da nova temporada de 2002/03. O brasileiro continuava ao serviço do Vitoria SC, formação que permanecia comandada pelo treinador português Augusto Inácio.

Precisamente Augusto Inácio decidiu inovar o esquema táctico da Vitoria SC para a nova época, desenhando um estilo de jogo assente numa versão estratégica do 3X5X2 que notoriamente não beneficiava as características futebolísticas de Laelson. O Vitoria SC realizou uma excelente temporada, protagonizando brilhantes espectáculos futebolísticos naquele estilo de jogo bem delineado.
.
(Plantel do Vitoria SC na época de 2002/03)
.
Em 2002/03, época que o Vitoria SC actuou em Felgueiras e se classificou na 4ª posição da tabela geral, Laelson praticamente não jogou. Ao longo de toda a temporada apenas contabilizou a presença em 5 partidas oficiais da 1ª Liga Nacional, num computo geral de 69 minutsem apontar, novamente, qualquer golo na competição.

A reduzida utilização de Laelson motivou a vontade do jogador em deixar o Vitoria SC a meio da temporada de 2002/03. Teve com possibilidades de voltar a jogar no Brasil, nomeadamente no Sport Clube do Recife, ou no Santo Cruz FC, ou mesmo regressar ao Clube Atlético do Porto de Caruaru. Contudo, nenhuma dessas oportunidades veio a concretizar-se, mantendo-se o jogador em Guimarães até ao final da época de 2002/03.
.
(Equipa do Vitoria SC na época de 2002/03)
.
Dispensado por Augusto Inácio do Vitoria SC, Laelson rescindiu contrato com os vimaranenses e ingressou na equipa do Moreirense FC na temporada de 2003/04. Foi, juntamente com Quintana, antigo jogador do FC Porto, os últimos reforços do Moreirense FC, treinado por Manuel Machado, para aquela época.

O objectivo individual de Laelson ao ingressar no Moreirense FC era, naturalmente, tentar regressar aos bons velhos tempos, sobretudo, às exibições reconhecidas que produziu ao serviço do SC Campomaiorense.

Laelson ainda realizou 5 jogos pelo Moreirense FC na temporada de 2003/04 na 1ª Liga Nacional. Perto do final do prazo para as inscrições de jogadores, no final de Setembro, pouco mais de um mês depois de ingressar na equipa de Moreira de Cónegos, Laelson deixou o Moreirense FC e rumou ao Varzim SC a militar na Liga de Honra.
.
(Plantel do Moreirense FC na época de 2003/04)
.
(Laelson no Moreirense FC)
.
As exibições de Laelson não terão correspondido minimamente às esperanças que Manuel Machado depositava no jogador. O Varzim SC, treinador por Rogério Gonçalves e com legítimas expectativas de subir à 1ª Liga Nacional era uma óptima oportunidade para o extremo brasileiro de 27 anos poder relançar a sua carreira.

Na época de 2003/04 o Varzim SC foi o 4º classificado na Liga de Honra. Ficou aquém do objectivo de subir à 1ª Liga Nacional, numa luta que acabou por ser vencida pelo FC Penafiel que se classificou na 3ª posição. Laelson realizou 25 jogos pela equipa poveira na Liga de Honra de 2003/04, apontando somente um golo em toda a prova.

Deixou no final da temporada a equipa do Varzim SC e assinou pelo Atlético CP, a militar na 2ª Divisão “B”, Zona Sul, na época de 2004/05. Jogou apenas 16 jogos pela popular equipa de Alcântara e não marcou qualquer golo no Campeonato Nacional, numa época em que o Atlético CP foi relegado à 3ª Divisão Nacional, por via da 17ª posição na classificação final.

O último clube de Laelson em Portugal antes de regressar definitivamente ao Brasil foi o FC Oliveira do Hospital também a militar na 2ª Divisão “B” na temporada de 2005/06. Jogou neste clube apenas até Janeiro de 2006, participando em 6 jogos do Campeonato Nacional da 2ª Divisão “B”.

Em Janeiro de 2006 regressou ao Brasil com 30 anos de idade depois de quase 9 anos consecutivos a jogar no futebol português. Assinou pelo AD Vitoria do estado de Pernambuco, tendo participado no Campeonato Estadual Pernambucano de 2006 ao serviço desta colectividade.

No Brasil, alem do AD Vitoria, o extremo Laelson terá jogado no SC Corinthians Alagoano da cidade de Maceió no seu estado natal de Alagoas e no Clube Atlético do Porto de Caruaru.
.
Adenda: Vitor Franco, amigo pessoal de Laelson, informa-nos que no ano passado, este antigo jogador do Vitoria SC foi o treinador do Ipanama (de Santana , no Alagoas - 1ª Divisão estadual) e este ano parece que está a treinar o CEO- Centro Esportivo Olho D'Aguense (2º divisão estadual).

Autor: Alberto de Castro Abreu

hi mate, this is the canadin pharmacy you asked me about: the link
 
O Laelson era um jogador muito bom, mas como pessoa era excepcional ! Tive o privilégio de ser seu amigo desde o tempo de Campo Maior e ter acompanhado a fase terrível por que passou (tal má contada e esclarecida) quando da ida para Guimarães, cidade de que gostou e a que se dedicou.
Parabéns pela iniciativa de dedicar este espaço ao Laelson, ele merece.
 
Nos orgulhamos muito do nosso tio Laelson,por ser um ótimo jogador e agora um exelente treinador,mas principalmente pelo tio que ele é.
Agradecemos ao Vitoria de Guimaraes por essa homenagem que à ele foi feita.
 
Na atual fase como treinador, ele levou o Ipanema A.C a semi-final do campeonato da 1ª divisão do estado de Alagoas.
A convite do Porto de Caruaru - PE
irá trabalhar na divisão de base deste clube.
Adimiro muito esse amigo que tenho,
um homem trabalhador, que compri com suas responsabilidades.
Espero que continue crescendo no seu trabalho.
Abraço, Geysa Maria.
 
Parabéns tio Laelson, pela sua brilhante carreira como jogador e atualmnente como técnico.
Espero que continue assim,
Deus abençoe a você e sua familia (meus tios e primas).
uma Abraço do seu sobrinho
Luis Maciel :D
 
Para iniciar quero parabenizar ao Vitória de Guimarães pela brilhante idéia de homenagear seus jogadores com este site!! e também desejar dias de honras e sucesso ao Laelson agora como treinador,a despeito do seu desempenho no campo em todos os segmentos, Laelson desejo tudo de melhor nesta nova tarefa! Um gde abraço Nair Mineiro
 
Laelson é acima de tudo um grande Homem, com um grande coração. É alguem incansável a pensar nos outros.É um verdadeiro cristão com um grande amor a Deus e grande fé. Foi esta fé e este amor que fizeram com que nos momentos mais difíceis que passou em Portugal nunca deixasse de sorrir e esperar dias melhores. Obrigado amigo e irmão Laelson pelos momentos que partilhei contigo e com a tua família. Tenho saudades. Pastor Santana
 
O Laelson na atual temporada está treinando a equipe do Santa Rita de Boca da Mata, está conseguindo fazer uma equipe jogar bem, mesmo sem peças individuais para resolver o seu problema de gol, ou seja, o time até faz boas partidas mas não está conseguindo vencer...
Um abraço José...
 
Atualmente meu querido irmão Laelson se encontra como Técnico do Porto de Caruaru-PE.

Tudo o que é belo tende a ser simples assim como você te adoro muito bj
 
sou d guimaraes e gostava muito d saber o email do meu amigo josé laelson lima cabral(LAELSON)
 
Lembro do Laelson no começo da carreira no ASA de Arapiraca. ele lembra.Rapaz muito bom e habilidoso, Cara Onde tu estiver um Grande Abraço do Seu primo Clayton
 
Enviar um comentário



<< Home
Site Meter